Esporte: No Bahia é vencer ou vencer


Tricolor precisa vencer para continuar na competição.
Para Papão, empate com gols basta.


Sob turbulências de rumores sobre uma possível mudança de técnico, o Bahia entra em Pituaçu às 21h50 desta quarta-feira diante do Paysandu, em partida de volta da Copa do Brasil. No jogo de ida, o empate sem gols decepcionou os torcedores tricolores, apesar das oportunidades criadas pelo time.

Para piorar, a derrota por 1 a 0 diante do Bahia de Feira no último domingo derrubou a moral da equipe e aumentou a pressão sobre o elenco. É no meio desse clima tenso que os atletas tricolores entram em campo nesta quarta, carregando sobre os ombros a necessidade de vencer o adversário para avançar à terceira fase da Copa do Brasil.

Se houver empate com gols, o Paysandu leva a vantagem dos tentos fora de casa e segue na competição. Em caso de novo 0 a 0, a partida será decidida nos pênaltis.

O técnico Vágner Benazzi ainda não definiu o ataque tricolor. No meio-campo, Benazzi faz mistério sobre quem substituirá Ramon, que levou cartão vermelho em Belém e também se recupera de dores no púbis. Camacho e Zezinho disputam a vaga. No setor defensivo, Thiego está confirmado, após se recuperar de dores na coxa.

O Bahia deve ter a seguinte formação: Omar; Marcos, Thiego (Danny Morais), Titi e Dodô; Marcone, Hélder, Boquita e Zezinho (Camacho); Rafael e Souza

Estratégia do Papão é atacar

O Paysandu chegou confiante em Salvador. O técnico Sérgio Cosme garantiu que o time não vai mudar o jeito de jogar:

- O Bahia é uma grande equipe, merece nosso respeito, mas não é por isso que vamos ficar na defensiva – diz.

O treinador deve escalar o mesmo time que enfrentou o Bahia na partida da última quarta-feira. A única dúvida está no setor de ataque. Cosme ainda não definiu quem acompanha Rafael Oliveira na frente, já que Mendes foi expulso no jogo de ida: Helinton ou Zé Augusto.

O Papão deve jogar com a seguinte escalação: Alexandre Favaro; Sidny, Hebert, Ari e Elton Lira; Alexandre Carioca, Billy, Alisson e Alex Oliveira; Rafael Oliveira e Zé Augusto (Helinton).

Na história do confronto, Bahia leva a melhor

Bahia e Paysandu já se enfrentaram 24 vezes. O Tricolor baiano levou a melhor em 11 partidas, enquanto o time de Belém venceu apenas seis. Com o empate sem gols da última semana, são sete na história da disputa.

Confira as últimas disputas entre Bahia e Paysandu:

30/09/1973 - Bahia 3x0 Paysandu - Série A
09/03/1974 - Bahia 2x1 Paysandu - Séria A
29/06/1974 - Bahia 1x1 Paysandu - Série A
07/03/1982 - Bahia 2x3 Paysandu - Série A
14/03/1982 - Paysandu 1x3 Bahia - Série A
26/04/1992 - Bahia 4x0 Paysandu - Série A
19/11/1994 - Bahia 3x0 Paysandu - Série A
14/10/1995 - Paysandu 2x2 Bahia - Série A
19/08/1999 - Bahia 1x1 Paysandu - Série Bhttp://www.blogger.com/img/blank.gif
21/07/2002 - Paysandu 2x1 Bahia - Copa dos Campeões
09/10/2002 - Paysandu 3x2 Bahia - Série A
18/05/2003 - Bahia 2x0 Paysandu - Série A
24/09/2003 - Paysandu 4x0 Bahia - Série A
30/03/2011 – Paysandu 0x0 Bahia – Copa do Brasil

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.