Tricolor e Flamengo fazem jogo aberto, mas ficam no empate no Engenhão

O placar quase desmereceu a dinâmica do jogo, mas por outro lado refletiu o equilíbrio do duelo. Com "um tempo de cada", Bahia e Flamengo fizeram um jogo páreo na noite desta quinta-feira (4), no Engenhão, e ficaram no empate sem gols. O confronto válido pela 28ª rodada da Série A teve bola trave, mas a rede não balançou em nenhum dos lados. Tricolor foi melhor na primeira etapa e os donos da casa criaram as melhores chances no segundo tempo.

O empate do placar do Engenhão se repete na tabela de classificação. Os dois times seguem com o mesmo número de pontos, 35, e as mesmas posições em que entraram em campo. O Bahia é 12º e o Flamengo segue com a vantagem de ter uma vitória a mais para ficar em 11º. O Esquadrão tem jogo duro em casa na próxima rodada. Na quarta-feira (10) o time recebe o Fluminense em Pituaçu, com bola rolando a partir das 19h30. O Flamengo tem clássico diante do Corinthians, no Pacaembu, também na quarta, às 22h.

Bola rolando - A marcação acertada e as saídas em contra-ataque foram os principais ingredientes da receita do Bahia para ser melhor que o Flamengo no primeiro tempo. Os comandados de Jorginho seguram na marcação e tentaram surpreender os donos da casa nas investidas em velocidade, finalizando mais que os donos da casa. A primeira boa chance de gol saiu para o lado baiano, quando aos 18' Gabriel ficou livre na área e mandou o chute cruzado obrigando Felipe a fazer boa defesa.

A marcação adiantada continuou funcionando para o Esquadrão e o time oferecia resistência para as chegadas do Flamengo. Encontrando o espaço para sair para o ataque, o Bahia voltou a ter boa oportunidade com Titi, aos 24', que desviou o escanteio de cabeça e viu a bola passar rente à segunda trave. As finalizações foram mais numerosas no lado tricolor e antes do Flamengo conseguir equilibrar o jogo, Claudio Pitbull, que entrou no lugar de Elias ainda na primeira etapa, disparou pela direita, mandou a bomba e Felipe conseguiu espalmar, aos 28'. Já ns acréscimos, o Flamengo quase abriu o placar, mas Marcelo Lomba salvou com duas grandes defesas depois do bate-rebate na pequena área.

Na volta do segundo tempo, com Adryan no lugar de Hernane, o Flamengo conseguiu equilibrar o meio campo e melhorou a criação das jogadas em direção à area do Bahia. Isso deixou páreo o jogo na comparação com o primeiro tempo e os donos da casa começaram assustando. Na marca dos 7', Cleber Santana mandou a bomba da entrada da área e lamentou depois que ela explodiu no travessão do gol de Marcelo Lomba. Mesmo com a melhora rubro-negra, o Bahia continuou no jogo e adiantou a marcação para voltar a pressionar.

A vez do Esquadrão assustar no segundo tempo só chegou aos vinte minutos. Gabriel recebeu de cara com o gol, chutou forte, mas Felipe arrancou a defesa com apenas uma das mãos. Ela ainda sobrou no rebote, mas Magal chegou no chutão para afastar. Dai em diante, as marcações se equivaleram em campo, os passes errados sobraram nas tentativas de ataque e o placar ficou no zero.

Flamengo 0 x 0 Bahia - 28ª rodada - Campeonato Brasileiro Série A
Data: 4/10/2012, quinta, 21h
Local: Engenhão, Rio de Janeiro
Árbitro: Wagner Reway
Assistentes: Carlos Berkenbrock e Rafael da Silva Alves

Flamengo: Felipe; W. Silva, Frauches, González, Magal; Ibson, Renato, Léo Moura, Cléber Santana (Wellington Bruno); Liédson (Nixon) e Hernane (Adryan). Técnico - Dorival Júnior

Bahia: Marcelo Lomba; Neto, Danny Morais, Titi e Jussandro; Fahel, Diones, Hélder e Zé Roberto (Kléberson); Gabriel (Lulinha) e Elias (Claudio Pitbull). Técnico - Jorginho

Matéria original do iBahia:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.